Rio de Janeiro Crivella poderá determinar bloqueio parcial de ruas na zona oeste do Rio

Crivella poderá determinar bloqueio parcial de ruas na zona oeste do Rio

Medida pode ser aplicada em Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, na zona oeste, que têm registrado altos índices de concentração de pessoas nas ruas

Zona oeste têm alto número de pessoas nas ruas

Zona oeste têm alto número de pessoas nas ruas

Record TV

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, disse nesta quarta-feira (6) que poderá determinar, a qualquer momento, o bloqueio parcial de vias e do comércio em Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, bairros da zona oeste que têm registrado índices elevados de concentração de pessoas nas ruas.

Rio: MPF questiona medidas de prevenção à covid-19 em presídio

Crivella reiterou que é fundamental a colaboração das pessoas no combate à covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, evitando aglomerações. Ele lembrou que a zona oeste está registrando o maior número de casos de doença.

“Agora os problemas estão na zona oeste. Lá é onde temos, todo dia, dezenas, às vezes centenas, de ligações para o Disk Aglomeração. Pode acontecer hoje ou amanhã. Se não houver uma resposta da população, nós iremos fazer o shutdown (fechamento). Vai ficar uma guarnição da Guarda Municipal dia e noite, de um lado e de outro. Não passa ninguém, não entra ninguém. Infelizmente, se não houver consciência por parte desses comerciantes e de seus clientes, muitos sem máscaras, vamos ter que adotar essa medida antipática, radical, porém necessária neste momento”, disse Crivella

RJ tem até quinta (7) para justificar eventual isolamento total

O prefeito deu as declarações após receber a doação de 150 mil máscaras não cirúrgicas descartáveis da comunidade chinesa que vive na cidade. Os equipamentos de proteção facial serão distribuídos à população para conter a propagação do novo coronavírus. O uso de máscaras é obrigatório nas ruas e estabelecimentos da capital fluminense.

“O material doado será de grande valia nas ações de enfrentamento da pandemia, auxiliando na proteção de nossos cidadãos. A união da comunidade internacional é de fundamental importância para responder aos desafios econômicos e de saúde trazidos pelo novo coronavírus. Agradecemos o apoio dos chineses”, afirmou Crivella, ao lado do cônsul-geral da China, Li Yang, e dos representantes da comunidade chinesa no Rio, Yin Xiancong e Yin Dilei.

Últimas