Rio de Janeiro Delegada é alvo de operação do MP-RJ contra rede de investimento em criptomoedas

Delegada é alvo de operação do MP-RJ contra rede de investimento em criptomoedas

A ação, chamada de Novo Egito, é um desdobramento da operação Kryptos, que prendeu o Faraó dos Bitcoins

  • Rio de Janeiro | Gabriel Pieroni*, do R7

MP faz operação na manhã desta sexta-feira (9)

MP faz operação na manhã desta sexta-feira (9)

MPRJ/Divulgação

Agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado), junto com o MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro), realizam, na manhã desta sexta-feira (9), uma operação para combater uma rede de investimentos em criptomoedas. No total, são 17 investigados. Destes, 12 têm mandado de prisão. Outros receberam mandados de busca e apreensão.

Um dos alvos de busca e apreensão é a delegada Daniela dos Santos Rabelo Pinto, que mora em um condomínio da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Segundo as investigações, ela é suspeita de ter recebido propina de Glaidson Acácio dos Sntos, conhecido como "Faraó dos Bitcoins", quando estava na DDEF (Delegacia de Defraudações).

A ação, chamada de Novo Egito, é um desdobramento da operação Kryptos, que prendeu Glaidson em agosto de 2021. 

Além do Faraó, seis dos que possuem mandado de prisão já estão presos, como Daniel Aleixo Guimarães, conhecido como "Danny Boy" e também é acusado de fazer parte do esquema de criptomoedas e investimentos, detido em outubro.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas