Eduardo Paes descarta Carnaval no Rio em julho

Nas redes sociais, prefeito diz que evento exige grande preparação, o que “impossível de se fazer nesse momento”

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*

O prefeito Eduardo Paes descartou o Carnaval 2021 no Rio. O evento estava previsto para acontecer em julho.

Carnaval aconteceria em julho

Carnaval aconteceria em julho

Vladimir Platonow

Em uma publicação das redes sociais, Paes afirmou que o evento exige grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações “algo impossível de se fazer nesse momento”.

“Dessa forma, gostaria de informar que não teremos carnaval no meio do ano em 2021. Certamente, em 2022, poderemos (todos devidamente vacinados) celebrar a vida e nossa cultura com toda a intensidade que merecemos.”, escreveu.

Batizado de CarnaRio, evento fora de época foi oficializado pelo governador em exercício Cláudio Castro e aconteceria anualmente. O objetivo é estimular o turismo e a economia da cidade.

Na publicação, Paes também disse ter determinado que a Riotur (Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro) e a Secretaria Municipal de Cultura trabalhem na preparação de editais para permitir que quem atua no Carnaval receba algum tipo de sustento ao longo de 2021.

A Sebastiana (Associação de Blocos de Rua do Rio) informou por meio de nota que recebeu com "alívio" a decisão do prefeito de cancelar o evento. A associação ressaltou que o retorno dos blocos às ruas só poderá ocorrer quando houver vacina e imunização para toda a população.

Já a Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) manifestou apoio à medida devido ao aumento de casos da covid-19 na cidade, além das incertezas sobre os prazos de vacinação da população. A liga ressaltou que a realização dos desfiles sempre esteve condicionada à liberação das autoridades e à segurança de todos os envolvidos no evento.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas