Rio de Janeiro Escultura de areia em Copacabana faz alerta para mortes por covid

Escultura de areia em Copacabana faz alerta para mortes por covid

“Eles perderam a vida por covid-19 porque acharam que era só uma gripezinha”, aponta trabalho exposto próximo ao calçadão da praia

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*

Obra traz reflexão sobre seriedade de doença

Obra traz reflexão sobre seriedade de doença

Mauro Lippi Júnior

Uma escultura de areia tem chamado a atenção de moradores e turistas, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. O trabalho conta com dezenas de rostos e traz uma mensagem de reflexão sobre a seriedade do novo coronavírus.

Entenda porque a covid-19 afeta olfato e paladar

“Eles perderam a vida por covid-19 porque acharam que era só uma gripezinha”, aponta a obra sobre a identificação dos rostos que acompanham a mensagem ao lado.

O cenário é contrastante com a mensagem. Com temperaturas beirando os 40º C durante o último final de semana, Copacabana foi tomada por banhistas que desrespeitaram o decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro e ocuparam as areias da praia.

De acordo com a Guarda Municipal, quase 2 mil pessoas foram multadas nas areias do Rio de Janeiro durante os últimos dois meses em fiscalizações feitas pelo órgão.

Prefeitura reboca 358 veículos na orla do Rio durante final de semana

Enquanto as cenas de aglomeração se repetem a cada final de semana, o Rio registra um aumento alarmante do número de casos. De acordo com o Painel Rio Covid-19, foram registrados 2.114 testes positivos para o novo coronavírus no dia 27 de setembro, terceira maior marca registrada pela SMS-Rio (Secretaria Municipal de Saúde) em um único dia desde o início da pandemia.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas