Rio de Janeiro Explosão na CSN, em Volta Redonda, intoxica trabalhadores

Explosão na CSN, em Volta Redonda, intoxica trabalhadores

Cerca de 20 funcionário receberam atendimento médico após inalarem uma espécie de pó; empresa afirma que presta assistência a trabalhadores

explosão csn

O Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense informou que um acidente de trabalho ocorrido nesta quarta-feira (15) na unidade da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional), em Volta Redonda (RJ), levou de 20 a 30 funcionários a apresentaram sinais de intoxicação. Eles precisaram de atendimento médico, e alguns foram levados para um hospital da região.

Após 14 horas, tenente-coronel liberta família feita refém no Rio

O acidente ocorreu em uma aciaria, local onde o ferro-gusa é convertido em aço. Ao iniciar a virada da panela para retirada da escória, houve um deslocamento de ar e os trabalhadores acabaram inalando fumaça com fundo metálico. Um representante do sindicato acompanha no local a situação.

Nas redes sociais, moradores de Volta Redonda compartilharam fotos e vídeos que mostram uma fumaça densa saindo da usina. Alguns também relataram, por volta das 8h, ter ouvido um estrondo. "Levei um susto com essa explosão na CSN", postou Laís Carvalho em seu perfil na rede social. Em outra postagem, um paciente que aguardava atendimento no Hospital das Clínicas de Volta Redonda disse ter presenciado a chegada de acidentados na unidade de saúde.

Em nota, a CSN informou que, durante a retirada de escória da panela de aciaria, houve uma reação que provocou o deslocamento de ar e emissões fugitivas que duraram poucos minutos. "Os colaboradores que estavam no local foram atendidos pela equipe médica da CSN por terem inalado pó e encaminhados preventivamente para atendimento hospitalar. A empresa está prestando toda a assistência aos colaboradores e investigando as causas da ocorrência", diz a nota.