Rio de Janeiro Famílias encontram caminhão de comerciantes desaparecidos no RJ

Famílias encontram caminhão de comerciantes desaparecidos no RJ

Trio sumiu há cinco dias após buscar carregamento de botijão de gás em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro 

Familiares encontraram no último fim de semana, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio, o caminhão utilizado por dois comerciantes e um funcionário, que desapareceram na última quarta-feira (6). No entanto, seguem sem informações sobre o paradeiro do trio.

Segundo informações de parentes, Fabrício Oliveira, Jorge Teixeira e Paulo César Soares saíram de Itaguaí, na Baixada Fluminense, em direção ao bairro de Santa Cruz, que fica a cerca de 20 km do ponto de encontro, para buscar uma carga de botijão de gás. 

Fabrício, Jorge e Paulo César sumiram após buscarem gás em Santa Cruz

Fabrício, Jorge e Paulo César sumiram após buscarem gás em Santa Cruz

Reprodução/Record TV Rio

Imagens de câmeras de segurança obtidas por familiares registraram o veículo no bairro da zona oeste do Rio. Ao redor do caminhão, já sem placa, apareceram outros homens. Pela região, outros flagrantes mostraram três carros que teriam relação com uma suposta abordagem.

Em entrevista à Record TV Rio, a esposa do sargento da reserva Paulo César Soares contou que está tomando calmantes todos os dias. "Muita angústia e nervosismo", desabafou Rose Souza.

Abordagem suspeita pode ter relação com sumiço de trabalhadores

Abordagem suspeita pode ter relação com sumiço de trabalhadores

Reprodução/Record TV Rio

O caso já passou por três delegacias, 50ª DP (Itaguaí), 36ª DP (Santa Cruz) e 35ª DP (Campo Grande). O caminhão achado vazio, que foi rebocado para uma rua de Santa Cruz, ainda não foi periciado, segundo a Record TV. Procurada, a Polícia Civil não se manifestou sobre as investigações até o momento.

Detalhes do caso

O último contato que Rose teve com o marido Paulo César foi no dia 6, por volta das 10h40. Uma hora depois, foi registrada a última localização do trio no aparelho celular de um deles: avenida Brasil, ainda na altura de Santa Cruz.

A família imagina que o trio já estivesse retornando para o município da baixada, quando foi abordado na via expressa. Ainda segundo informações de parentes, Paulo, o sócio Jorge e o funcionário Fabrício costumavam fazer esse trajeto três vezes por semana. 

Em contato com o dono do depósito na zona oeste, a irmã de Jorge conseguiu a confirmação de que eles realmente buscaram a carga de botijão na quarta-feira (6).

Jorge Teixeira já se candidatou a vereador em Itaguaí e, atualmente, administra um grupo que negocia ração e gás.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas