Rio de Janeiro Filho biológico de Flordelis confessa participação na morte do pai

Filho biológico de Flordelis confessa participação na morte do pai

Segundo informações da Record TV Rio, afirmação foi feita durante acareação entre dois irmãos presos na DH de Niterói; origem de arma não foi descoberta

Corpo de Anderson do Carmo teve 30 perfurações por disparos

Corpo de Anderson do Carmo teve 30 perfurações por disparos

Reprodução

Os dois filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) que estão presos na DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo) e são suspeitos de envolvimento na morte do pai, o pastor Anderson do Carmo, foram colocados frente a frente durante uma acareação na unidade policial. O objetivo da ação era esclarecer contradições no depoimento dos dois.

Justiça decreta prisão temporária de dois filhos de deputada Flordelis

No início da semana, o jovem adotado havia dito à Polícia Civil que matou o pai a mando do irmão mais velho, que negava a acusação. Entretanto, após a acareação, o filho biológico confessou ser o mandante do crime, segundo informações da Record TV Rio.

O depoimento dos dois foi colhido na noite de quarta-feira (19), mas eles continuavam na unidade na manhã desta quinta-feira (20).

De acordo com a polícia, as imagens das câmeras de segurança não mostram ninguém de fora entrando ou saindo de casa depois que o casal chega, o que pode indicar que apenas familiares estivessem ali.

Os investigadores agora esperam o resultado da perícia realizada na arma encontrada na casa para confirmar se ela foi utilizada no crime. Anderson foi atingido por cerca de 30 disparos.