Rio de Janeiro Flordelis e mais 9 vão a júri popular pela morte do pastor Anderson 

Flordelis e mais 9 vão a júri popular pela morte do pastor Anderson 

Denunciada como mandante, a deputada vai responder por quatro crimes, entre eles o de homícidio triplamente qualificado

Deputada federal também é alvo do Conselho de Ética da Câmara por acusações

Deputada federal também é alvo do Conselho de Ética da Câmara por acusações

Fernando Frazão/Agência Brasil - 25.06.2019

A juíza do 3º Tribunal do Júri de Niterói, Nearis dos Santos Carvalho Arce, decidiu levar a júri popular a deputada federal Flordelis dos Santos Souza (PSD-RJ) e mais nove acusados pela morte do pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Denunciada como mandante do crime, Flordelis responde por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima), tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada. 

Também serão submetidos a julgamento pelo Tribunal do Júri outrAs nove pessoas que teriam participado do assassinato do pastor, que respondem pelos crimes de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio e associação criminosa armada e uso de documento falso.

A juíza também decidiu manter a prisão de todos os acusados. Segundo a magistrada, “não houve modificação da situação de fato que justificasse sua alteração”.

Entenda o envolvimento de Flordelis no assassinato do marido

Últimas