Rio de Janeiro Funcionário de fast-food foi baleado por bombeiro, dizem testemunhas

Funcionário de fast-food foi baleado por bombeiro, dizem testemunhas

Militar teria ficado insatisfeito após atendente dizer que cupom de desconto estava indisponível. Vítima teria sido atingida duas vezes

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira*, do R7, com Record TV Rio

Funcionário de fast-food no Rio foi baleado por bombeiro, segundo testemunhas

Funcionário de fast-food no Rio foi baleado por bombeiro, segundo testemunhas

Reprodução/ Google Street View

Um funcionário de uma rede de fast-food foi baleado enquanto trabalhava no atendimento ao drive-thru durante a madrugada desta segunda-feira (9), na Taquara, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com testemunhas, o atirador seria um sargento do Corpo de Bombeiros da região. 

Conforme relatado, Mateus Domingues Carvalho teria dito ao cliente que o cupom de desconto não estava disponível, e o militar, quebrado a grade de acrílico que separava os dois. O suspeito ainda teria disparado duas vezes contra o rapaz, no peito e na barriga.

As informações sobre o autor do crime foram recebidas pela Record TV Rio, que aguarda confirmação da corporação.

 A PM foi acionada para checar o ocorrido. No local, os agentes encontraram o atendente ferido e o socorreram, levando-o ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o quadro de Mateus é estável.

Ainda segundo a Polícia Militar, o autor dos disparos já havia fugido e a 32ª DP (Taquara) está apurando o caso. A Polícia Civil disse que ouviu as testemunhas e recolheu imagens das câmeras do estabelecimento para análise.

Em nota, a rede de fast-food lamentou o ocorrido e afirmou ter prestado assistência ao funcionário: "A empresa está acompanhando e dando todo o suporte para seus familiares e já está colaborando com as investigações sobre o caso".

* Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas