Rio de Janeiro Gabriel Monteiro tem mandato de vereador cassado após votação na Câmara do Rio

Gabriel Monteiro tem mandato de vereador cassado após votação na Câmara do Rio

Relatório do Conselho de Ética pediu punição por quebra de decoro; ex-PM é investigado por estupro, assédio e outras denúncias

Gabriel Monteiro perdeu o mandato por quebra de decoro

Gabriel Monteiro perdeu o mandato por quebra de decoro

Fernando Frazão/ Agência Brasil

Com 48 votos a favor e 2 contra, o vereador Gabriel Monteiro (PL) teve o mandato cassado nesta quinta-feira (18) na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. A decisão foi baseada no relatório final do vereador Chico Alencar (PSOL), que integra o Conselho de Ética da Casa.

No documento, o relator pediu a punição de Monteiro por quebra de decoro parlamentar. O ex-policial militar é investigado por acusações de estupro, assédio, gravação de um vídeo íntimo com uma menor de idade e manipulação de conteúdo audiovisual para a internet.

A Comissão de Justiça e Redação negou, na última quarta-feira (17), um recurso apresentado pelo vereador em que ele alegava irregularidades no processo do Conselho de Ética.

Esta é a segunda vez na história em que a Câmara do Rio cassa o mandato de um parlamentar. A primeira foi em junho de 2021, quando, por unanimidade, os 49 vereadores presentes decidiram destituir do cargo o então vereador doutor Jairinho, preso pela acusação de ter matado o enteado, Henry Borel.

Últimas