Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã

Witzel afirmou que será publicado um edital para concessão do Maracanã; acordo envolveria reforma de Museu do Índio e estádio de atletismo

Maracanã foi palco da final da Copa do Mundo de 2014

Maracanã foi palco da final da Copa do Mundo de 2014

Marcello Casal jr/Agência Brasil - 19/11/2018

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, afirmou em seu perfil na rede social Facebook que deverá lançar um edital para nova concessão do estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. A arena esportiva, que pertence ao governo do Estado, foi entregue à administração privada em 2013, logo após uma ampla reforma, às vésperas da Copa das Confederações da Fifa (Federação Internacional de Futebol).

O estádio foi administrado por um consórcio liderado pela Odebrecht até setembro deste ano, quando a Justiça do Rio cancelou a concessão por irregularidades na licitação ocorrida em 2013.

Segundo Witzel, será feito um levantamento do processo com a concessionária para que o problema seja solucionado e, logo a seguir, um novo edital seja lançado. A ideia é que a nova concessão envolva a reforma do estádio de atletismo Celio de Barros, a restauração do Museu do Índio e a reforma de toda a área, com dinheiro da iniciativa privada.

Veja também: Maracanã e Museu Nacional: as duas faces de um país apodrecido

"Preservar a arte e mostrar um novo Rio é nossa meta", disse Witzel.

Assista: Flamengo e Botafogo vencem e Vasco segue ameaçado