Rio de Janeiro Idosa é indiciada por racismo contra estudante de ascendência oriental

Idosa é indiciada por racismo contra estudante de ascendência oriental

Caso aconteceu no vagão do metrô que seguia da estação Siqueira Campos para a Carioca. Vítima, de 23 anos, foi chamada de "chinesa porca"

  • Rio de Janeiro | Raíza Chaves, do R7*

Idosa, de 75 anos foi indiciada por racismo

Idosa, de 75 anos foi indiciada por racismo

Reprodução

Uma idosa, de 75 anos foi indiciada na quarta-feira (15) acusada de ser responsável por ofensas de cunho racista contra uma estudante de ascendência oriental no dia 31 de janeiro deste ano.

Veja também: TJ nega liminar de Witzel e processo de impeachment segue na Alerj

De acordo com a Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância), o caso aconteceu no vagão do metrô que seguia da estação Siqueira Campos para a Carioca.

A suspeita foi flagrante ofendendo uma jovem, de 23 anos com os dizeres: "Chinesa porca, volta para o seu país, chinesa nojenta! Fica aí espalhando doenças para todos nós!", segundo a polícia.

A vítima contou que ouviu os xingamentos em silêncio, dentro do transporte público. Além disso, outro passageiro teria ajudado a estudante se defender.

A mulher foi identificada por meio de um vídeo, gravado no momento do crime. Após ser reconhecida, a polícia descobriu que ela já havia sido notificada outras duas vezes por injúria de preconceito. 

O inquérito policial foi encaminhado ao MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro).

*Sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas