Rio de Janeiro Idosos sofrem maus-tratos em clínica psiquiátrica conveniada ao SUS; "Aqui eles aguardam a morte"

Idosos sofrem maus-tratos em clínica psiquiátrica conveniada ao SUS; "Aqui eles aguardam a morte"

Clínica já ficou interditada durante um ano 

"Aqui eles não são tratados para se recuperar. Aqui, eles aguardam a morte", disse familiar de paciente internado

"Aqui eles não são tratados para se recuperar. Aqui, eles aguardam a morte", disse familiar de paciente internado

Reprodução / Rede Record

Amarras nos leitos, alimentação ruim, falta de remédios para dor, roupas de cama molhadas e colchões rasgados. Esse é o cenário onde pacientes idosos estão internados em uma clínica psiquiátrica conveniada ao SUS (Sistema Único de Sáude) no Jardim América, zona norte do Rio. Em imagens feitas por uma funcionária da clínica, é possível ver as más condições. Segundo ela, muitos pacientes morrem.

— Morrem pacientes que, às vezes, ficam dopados e não conseguem se alimentar. Tem semana que tem dois, três óbitos. Nenhuma exigência da vigilância sanitária foi cumprida. Temos que colocar água no leite para conseguir dar para todo mundo.

A clínica já ficou interditada por cerca de um ano. Em outubro, a vigilância sanitária autorizou novas internações.

Segundo uma vizinha, o local é conhecido pelo atendimento ruim.

— Eles maltratam os velhos. Eles ficam com xixi. Ficam maltratados. Não limpam.

Segundo a Secretaria de Saúde, novas internações estão suspensas e os repasses que continuam sendo feitos servem para a manutenção dos pacientes já internados. 

A parente de um paciente que está internado na clínica diz não acreditar que a morte dos pacientes é questão de tempo.

— Aqui eles não são tratados para se recuperar. Aqui, eles aguardam a morte.

Assista ao vídeo

Últimas