Rio de Janeiro Incêndio de grandes proporções atinge aeroporto do Galeão, no Rio

Incêndio de grandes proporções atinge aeroporto do Galeão, no Rio

Bombeiros de 13 unidades controlaram as chamas. Brigada de Incêndio não acionou a corporação

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio

Incêndio atinge aeroporto do Galeão nesta tarde

Incêndio atinge aeroporto do Galeão nesta tarde

Record TV

Um incêndio de grandes proporções atingiu um galpão do terminal de cargas do aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, na tarde desta quarta-feira (18). Até o momento, não há informações sobre as causas do fogo ou feridos.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, major Fábio Contreiras, disse, em entrevista à Record TV, às 15h, que as chamas estavam controladas. No entanto, militares continuavam trabalhando nos pequenos focos de incêndio.

Segundo o major Contreiras, o galpão tem, aproximadamente, 250 metros de comprimento. O espaço abriga cargas de diversos materiais, como plásticos e madeiras, o que facilita a propagação das chamas.

Ainda de acordo com o porta-voz, a corporação não foi acionada para a ocorrência pela Brigada de Incêndio do aeroporto. Segundo ele, o Corpo de Bombeiros recebeu a informação por meio de telefonemas de populares e pela imprensa. 

"A orientação é sempre essa: o primeiro combate pode ser feito pela brigada, tem material para isso. Mas o quanto antes a corporação tem que ser acionada. A gente está sempre para apoiar incêndio pequeno, médio ou grande", explicou Contreiras. 

Bombeiros de 13 unidades foram direcionados para o combate ao incêndio no terminal de cargas do Galeão. Além de 30 veículos da corporação, uma aeronave pousou na pista do aeroporto para atender eventuais vítimas.

RioGaleão

Segundo a concessionária que administra o Galeão, não houve impactos na operação de pousos e decolagens, tão pouco na movimentação e integridade das cargas de importação e exportação do aeroporto. A RioGaleão disse que a brigada atuou em conjunto com os bombeiros e ainda não comentou sobre o acionamento da ocorrência.

Investigação

A investigação das causas do incêndio deve ficar sob a responsabilidade da Polícia Civil, por ter ocorrido em uma área externa do aeroporto, de acordo com informações da Polícia Federal. No entanto, a instituição informou que está acompanhando o caso e as consequências dele.

Fumaça vista de diversos pontos

Mais cedo, a fumaça densa, provocada pelo fogo que consumiu o galpão, chamou a atenção da população em diversos pontos da Ilha do Governador.

Inclusive, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio alertou aos motoristas sobre a fumaça que chegava à linha Vermelha, que fica próxima ao aeroporto.

Últimas