Irmão do bicheiro Maninho é morto a tiros no Rio de Janeiro 

Acusado de ser o novo líder do Jogo do Bicho no Rio, Bid foi alvejado com mais de 40 disparos após sair da última noite de desfiles da  Marquês de Sapucaí

Bid foi atingido com um tiro na cabeça e outro no tórax

Bid foi atingido com um tiro na cabeça e outro no tórax

Arquivo Pessoal

Apontado pela polícia de ser o novo líder do Jogo do Bicho no Rio, Alcebíades Paes Garcia, conhecido como “Bid”, foi assassinado a tiros na madrugada desta terça-feira (23), na Barra da Tijuca, zona oeste da capital fluminense. O contraventor é irmão do bicheiro Waldomir Paes Garcia, o "Maninho".

Segundo o delegado Antônio Ricardo, diretor do DGHPP (Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa), Bid estava a caminho do condomínio da esposa depois de acompanhar a última noite de desfiles do grupo especial na Marquês de Sapucaí, quando foi atingido com tiros de metralhadora na cabeça e no tórax.

Ainda de acordo com o delegado, foram disparados pelo menos 40 tiros contra a van que o contraventor estava com a família.  Ele foi o único atingido no transporte, as outras pessoas não sofreram nenhum ferimento.

A área onde estava o automóvel foi isolada para a realização de uma perícia e os parentes do contraventor estão sendo ouvidos na manhã desta terça-feira (25) na Delegacia de Homicídios, na Barra.  

Ataques à família do Bicheiro 

Depois da morte do irmão Maninho em setembro de 2004, Bid era apontado pela polícia como o novo líder do Jogo do Bicho no Rio de Janeiro. 

A filha de Maninho, a empresária Shanna Harrouche Garcia, de 34 anos, também sofreu uma tentativa de homício em novembro do ano passado quando passeava em um shopping no Recreio dos Bandeirante, na zona oeste do Rio. Na ocasião, ela foi atingida com dois disparos, mas sofreu lesões graves.   

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa