Rio de Janeiro Jornalista é baleado nas costas ao pegar atalho em comunidade no Rio

Jornalista é baleado nas costas ao pegar atalho em comunidade no Rio

Cristiano saiu de Itaipava, na Região Serrana, e estava indo para o trabalho. Ele foi socorrido ao Hospital Getúlio Vargas e estado de saúde dele é grave

  • Rio de Janeiro | Isabela Afonso, do R7*, com Record TV Rio

Carro foi atingido por tiros de fuzil

Carro foi atingido por tiros de fuzil

Reprodução

Um jornalista, identificado como Cristiano Coimbra de Mendonça, de 43 anos, foi baleado nas costas ao pegar um atalho, por dentro da comunidade Cidade Alta, na zona norte do Rio, sugerido por um aplicativo de transito. 

Leia também: Mortes violentas intencionais no Rio caem 13% no ano, diz ISP

Cristiano é gerente de projetos do jornal O Globo e estava indo para uma reunião no trabalho, pela BR-040. Ao entrar por engano na comunidade, ele foi abordado por criminosos que dispararam contra o carro.

Segundo informações da Record TV Rio, a perícia suspeita que ele tenha levado um tiro de fuzil como um alerta. No momento em que tentou fugir do local, os criminosos atiraram mais duas vezes contra o jornalista.

A assessoria da PM informou que o jornalista conseguiu dirigir para a avenida Brasil, onde bateu em um carro e um ônibus e foi socorrido por policiais que estavam patrulhamento na região.

Cristiano foi levado ao HEGV (Hospital Estadual Getúlio Vargas) e passou por cirurgia. O estado de saúde dele é considerado grave.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas