Rio de Janeiro Jovem é vítima de importunação sexual enquanto dormia em ônibus

Jovem é vítima de importunação sexual enquanto dormia em ônibus

Petroleiro foi detido no trajeto entre Campos dos Goytacazes e Rio de Janeiro após passar a mão em passageira de 22 anos

Suspeito foi levado para a Deam de Campos

Suspeito foi levado para a Deam de Campos

Reprodução/Record TV

Um homem de 44 anos foi preso, na madrugada da quarta-feira (6), pelo crime de importunação sexual em um ônibus interestadual que seguia de Campos dos Goytacazes, no norte do Rio de Janeiro, para a capital do Estado.

Ele é suspeito de passar a mão nas partes íntimas de uma jovem de 22 anos enquanto ela dormia.

A moça se deu conta da violação quando o coletivo passava pela BR-101, na altura do distrito de Ibitioca, e gritou. Os passageiros ajudaram a segurar o homem e chamaram a polícia.

Leia também: Empresário assedia duas mulheres em bar famoso da zona sul do Rio

O suspeito, que trabalha como petroleiro, foi preso e levado para a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Campos, onde foi autuado por importunação sexual.

Importunação sexual no transporte público

A Lei 13.718, que torna crime a importunação sexual, com pena prevista de um a cinco anos de prisão, foi sancionada em setembro do ano passado pelo ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal).

A proposta ganhou força no Legislativo após casos de homens que se masturbaram e ejacularam em mulheres dentro de transporte público ganharem repercussão.

Apesar da lei de importunação sexual, mulheres ainda sofrem assédio em transporte público. Assista:

*Estagiária do R7, sob supervisão de Ingrid Alfaya

Últimas