Rio de Janeiro Justiça decreta prisão temporária de dois filhos de deputada Flordelis

Justiça decreta prisão temporária de dois filhos de deputada Flordelis

Filho adotivo e filho biológico são suspeitos de participar da morte do pastor Anderson do Carmo e estão presos na Delegacia de Homicídios em Niterói

Flordelis pediu Justiça pela morte do marido

Flordelis pediu Justiça pela morte do marido

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO - 17.06.2019

A Justiça do Rio decretou a prisão temporária dos dois filhos da deputada Flordelis (PSD) presos pela morte do pai deles, o pastor Anderson do Carmo. Os mandados foram expedidos nesta quinta-feira (20). Os dois estão detidos na DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo).

“Seja quem for, quero justiça”, diz Flordelis sobre morte de marido

Na noite de quarta-feira (19), os dois filhos da deputada, um adotivo, de 18 anos, e outro biológico, de 38, foram colocados frente a frente durante uma acareação na unidade policial. O objetivo da ação era esclarecer contradições no depoimento dos dois.

No início da semana, o jovem adotado havia dito à Polícia Civil que matou o pai a mando do irmão mais velho, que negava a acusação. Entretanto, após a acareação, o filho biológico confessou ser o mandante do crime, segundo informações da Record TV Rio.

O depoimento dos dois foi colhido na noite de quarta-feira (19), mas eles continuavam na unidade na manhã desta quinta-feira (20).

De acordo com a polícia, as imagens das câmeras de segurança não mostram ninguém de fora entrando ou saindo de casa depois que o casal chega, o que pode indicar que apenas familiares estivessem ali.

Os investigadores agora esperam o resultado da perícia realizada na arma encontrada na casa para confirmar se ela foi utilizada no crime. Anderson foi atingido por cerca de 30 disparos.