Morte de Marielle Franco

Rio de Janeiro Justiça determina leilão de imóveis e lancha de Ronnie Lessa

Justiça determina leilão de imóveis e lancha de Ronnie Lessa

Investigação do MPRJ (Ministério Público) mostrou que Lessa tinha um padrão de vida incompatível com a renda

  • Rio de Janeiro | Gabriel Pieroni, do R7*

Ronnie Lessa é acusado de matar a vereadora Marielle Franco

Ronnie Lessa é acusado de matar a vereadora Marielle Franco

Reprodução/RecordTV

A Justiça determinou, na última segunda-feira (30), o leilão de bens do ex-policial militar Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

Na decisão, o juiz Bruno Monteiro Rulière, da 1ª Vara Criminal do Rio, determinou que sejam leiloados um imóvel localizado na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, um terreno no condomínio Porto Galo, em Angra dos Reis, na Costa Verde do estado, um terreno em Mangaratiba, região metropolitana, e uma lancha, avaliada em aproximadamente R$ 450 mil.

O magistrado cita o risco de deterioração e desvalorização dos bens. A investigação do MPRJ (Ministério Público) mostrou que Lessa tinha um padrão de vida incompatível com a renda. Os valores dos bens arrecadados deverão ser depositados em uma conta do juízo.

Lessa encontra-se em presídio de segurança máxima sob a acusação de envolvimento na morte da vereadora Marielle Franco. Em outubro de 2021, o ex-policial e sua esposa, Elaine Pereira Figueiredo, tiveram prisão preventiva decretada por crime de lavagem de dinheiro.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas