"Mamãe, não chora", disse menina de 5 anos após ser baleada no Rio

Criança foi baleada na perna em Realengo, na zona oeste da capital; ela passou por cirurgia, mas não resistiu e morreu nesta quarta (13)

Ketellen Umbelino tinha 5 anos

Ketellen Umbelino tinha 5 anos

Reprodução / Record TV Rio

“Mamãe não chora, mamãe. Não chora”, esta foi a frase que Ketellen Umbelino de Oliveira Gomes, de 5 anos, falou após ver o desespero de sua mãe quando ela percebeu que a filha tinha sido baleada na perna, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, na tarde de terça-feira (12).

Leia mais: Carro falso da PF é achado após tentativa de assalto ao Galeão (RJ)

Em entrevista para Record TV Rio, Daise Costa, tia-avó da vítima, relatou as palavras que a criança disse para a mãe no momento do crime. 

“Na hora que ela estava passando, aí teve o tiroteio. Os caras correram atrás desse que morreu, foram atirando e pegou na perna dela. Quando a mãe dela viu ela caída, aí a Jéssica [mãe de Ketellen] disse que ela falou: ‘Mamãe não chora, mamãe. Não chora’”.

“Aí a Jéssica começou a chorar, passar mal e foi pedir socorro.”

A criança passou por cirurgia no hospital Albert Schwartz, também em Realengo, mas não resistiu.

De acordo com a Polícia Civil, a Delegacia de Homicídios da Capital está investigando as circunstâncias da morte da vítima. Equipes da delegacia realizam diligências para esclarecer o caso e a investigação está em andamento.

Segundo a plataforma Fogo Cruzado, Ketellen foi a 6ª criança morta a tiros no Grande neste ano de 2019. No total, 21 crianças foram baleadas.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa