Megaoperação contra pedofilia tem 32 detidos no Rio de Janeiro

Uma perícia será feita e caso constate material de pedofilia nos equipamentos apreendidos, os suspeitos deverão ser autuados por pedofilia

Equipamentos eletrônicos foram apreendidos

Equipamentos eletrônicos foram apreendidos

Reprodução/RecordTV Rio

A Polícia Civil, por meio da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, realiza a operação Imperium, de combate à pedofilia, em todo o Estado do Rio de Janeiro. Foram cumpridos 81 mandados de busca e apreensão com 32 detidos, sendo oito presos em flagrante, na manhã desta quarta-feira (11).

Leia mais: Polícia acaba com festa de fim de ano de milicianos e prende 9 no RJ

Equipamentos eletrônicos foram apreendidos e uma perícia será feita. Caso constate material de pedofilia nos objetos, os suspeitos deverão ser autuados por pedofilia por armazenar e compartilhar material contendo pornografia infantil.

"Pedofilia é um mal que atinge a todas as camadas da sociedade. Qualquer tipo de pessoa pode ser um pedófilo. É a maior operação contra a pedofilia já realizada no Rio de Janeiro", disse o delegado Adílson Palácio, responsável pela investigação.

As investigações tiveram início há cerca de quatro meses e identificaram um núcleo de pedófilos que compartilhavam grande quantidade de imagens e vídeos contendo pornografia infantil. A operação conta com o apoio de 200 policiais civis de diversas delegacias.

Assista ao vídeo:

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa