Rio de Janeiro Modelo diz que estava com MC Kevin em varanda de hotel no Rio

Modelo diz que estava com MC Kevin em varanda de hotel no Rio

Em depoimento, Bianca Dominguez afirmou que funkeiro queria se esconder da mulher e acabou se pendurando na sacada

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento, do R7 *, com Anabel Reis, da Record TV Rio

A modelo Bianca Dominguez, de 26 anos, prestou depoimento na segunda-feira (17) na 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga a morte do cantor MC Kevin. Ela afirmou que estava com o cantor na hora do acidente e que ele teria tentado se esconder de sua mulher, Deolane Bezerra, pendurando-se na sacada da varanda.

MC morreu após cair de 5º andar de hotel

MC morreu após cair de 5º andar de hotel

Reprodução/ Record TV

Aos investigadores, a modelo contou que estava hospedada em um hotel ao lado do local onde estava MC Kevin e que o conheceu na praia da Barra da Tijuca, no Posto 7. Ela teria sido convidada por um amigo dele para ir ao apartamento no 5º andar do hotel onde o funkeiro se hospedava.

Em seu depoimento à polícia, Bianca disse que manteve relações sexuais com o modelo e funkeiro Victor Elias Fontenelle, que também estava no quarto junto dela e de Kevin. Após fazer sexo com Victor, Bianca foi até a varanda com MC Kevin e fechou a cortina. Na varanda, os dois iniciaram o ato sexual, porém sem penetração, porque não tinham preservativos, disse Bianca à polícia.

Ainda segundo Bianca, ela desviou o olhar por um instante e, de repente, viu Kevin pendurado na varanda. Ela própria chegou à conclusão de que ele teria ficado com medo de que Deolane chegasse até o quarto em que o trio estava. Bianca revela ainda que ninguém havia batido à porta. Mesmo assim, o músico teria decidido pular para o apartamento de baixo através da varanda. Foi quando houve a queda.

A polícia diz no documento que Deolane, que estava no 11º andar do mesmo hotel, teria telefonado e mandado mensagens procurando por seu marido, mas que não teria saído de seu quarto.

A polícia investiga ainda uma outra possibilidade. Uma passista da escola de samba Acadêmicos do Tucuruvi conta que os amigos queriam pregar uma peça em Kevin. Eles teriam trancado o cantor no quarto com algumas mulheres e disseram que Deolane estava chegando. O cantor teria corrido até a sacada para se esconder e o acidente teria ocorrido logo depois.

No início das investigações havia ainda a teoria de que o funkeiro teria tentado pular da varanda para a piscina do hotel, mas não teria conseguido. Ele teria feito isso também para evitar problemas com sua mulher.

A polícia continua as investigações analisando mensagens de celulares e vídeos. Também foi pedido um exame toxicológico no corpo de MC Kevin. 

Velório

Velório na quadra da Escola de Samba Unidos de Vila Maria, em São Paulo

Velório na quadra da Escola de Samba Unidos de Vila Maria, em São Paulo

Leo Franco/Ag News

Durante o velório, que aconteceu na manhã desta terça (18), na sede da escola de samba Unidos de Vila Maria, zona norte de São Paulo, a viúva de Kevin, Deolane Bezerra, fez um desabafo para amigos, familiares e fãs presentes. Ela disse que amou e perdoou o funkeiro.

“Kevin tinha 23 anos, cansei de perdoar”, disse.

Ao citar uso de bebida alcoólica, Deolane disse que falava para o funkeiro que "tudo tem consequência na vida" e que o cantor tinha que ter cuidado com as “falsas amizades". Ela terminou o discurso dizendo que MC Kevin a amava.

“O que mais me conforta é saber que até o último dia de vida dele, ele morreu me amando”, afirmou.

*Estagiário do R7 sob supervisão de PH Rosa

Últimas