Rio de Janeiro Morador morre após ser baleado durante confronto no Vidigal (RJ)

Morador morre após ser baleado durante confronto no Vidigal (RJ)

Segundo relatos, ferido exercia função de gari comunitário na região; PM chegou a socorrer a vítima para o Hospital Miguel Couto

  • Rio de Janeiro | Bruna Oliveira, do R7

Polícia investiga morte de morador no Vidigal

Polícia investiga morte de morador no Vidigal

Record TV

Um morador morreu após ser baleado durante um confronto entre policiais militares e suspeitos no Vidigal, na zona sul do Rio de Janeiro, na tarde desta segunda-feira (22).

A PM chegou a socorrer William de Mendonça Santos, de 41 anos, ao Hospital Municipal Miguel Couto, também na zona sul, mas ele não resistiu.

Em nota, a Polícia Civil confirmou que a vítima foi "atingida por tiros". O caso será investigado pela DH (Delegacia de Homicídios da Capital).

De acordo com relatos nas redes sociais, William trabalhava como gari comunitário no Vidigal.

A Polícia Militar diz que encontrou a vítima já ferida na rua Padre Ítalo Coelho, localidade conhecida como "15", após um tiroteio.

Ainda segundo a PM, policiais da UPP (Unidade Pacificadora) Vidigal revidaram um ataque de criminosos armados durante um patrulhamento de rotina.

Últimas