Rio de Janeiro Moradores fazem protesto após morte de mototaxista na Rocinha

Moradores fazem protesto após morte de mototaxista na Rocinha

PM diz que equipe da UPP trocou tiros com suspeitos armados durante a madrugada; quatro pessoas ficaram feridas, incluindo um policial militar

protesto rocinha

PMs trocaram tiros com suspeitos na Rocinha

PMs trocaram tiros com suspeitos na Rocinha

FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO/23.10.2008

Moradores da Rocinha fizeram um protesto na autoestrada Lagoa-Barra, na manhã desta segunda-feira (6), após a morte de um mototaxista da comunidade durante a madrugada. Segundo o COR (Centro de Operações Rio), a via ficou parcialmente interditada até as 9h.

PM reage a assalto e morre ao ser baleado na Baixada Fluminense

De acordo com a Polícia Militar, durante a madrugada, agentes da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Rocinha faziam patrulhamento quando foram atacados por um integrantes de um carro que passaram atirando. Um agente ficou ferido por estilhaços e foi socorrido no Hospital Miguel Couto, na Gávea.

Uma outra equipe da PM foi acionada para dar apoio aos agentes atacados e houve troca de tiros com suspeitos armados na rua 4.

Após o confronto, a polícia encontrou três feridos que foram levados para a mesma unidade médica. A PM não informou se eram inocentes ou se estavam armados.

Durante a operação, duas pistolas, dois carregadores e munições foram apreendidos.