Rio de Janeiro Motoboys que fazem entrega por aplicativo protestam no Rio

Motoboys que fazem entrega por aplicativo protestam no Rio

Manifestação tem como objetivo cobrar melhores condições de trabalho e questionar a redução de cobranças de taxas, especialmente na pandemia

  • Rio de Janeiro | Vinícius Andrade, do R7*

Manifestantes se concentraram no centro do Rio

Manifestantes se concentraram no centro do Rio

PETER ILICCIEV/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO/01.07.2020

Centenas de motoboys e entregadores de aplicativos no Rio de Janeiro se uniram ao movimento nacional para protestar no centro da cidade nesta quarta-feira (1º). 

Leia também: Criança de 7 anos morre após ser atingida por bala perdida no RJ

De acordo com publicações dos trabalhadores na internet, o ato tem como objetivo garantir melhores condições de trabalho, além de questionar a redução de taxas cobradas pelos aplicativos, principalmente durante a pandemia, quando o serviço se tornou essencial.

Cartazes chamam a atenção para valorização do trabalhador

Cartazes chamam a atenção para valorização do trabalhador

Reprodução

Assim como a manifestação que  ocorreu hoje na região central de São Paulo, o protesto, no Rio, é compartilhado nas redes sociais com a hashtag “#Brequedosapp”, por meio de fotos e vídeos dos manifestantes.

Em nota, a Amobitec (Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia), que atua no setor de delivery, disse que realizou “diversas ações de apoio aos entregadores parceiro, tais como a distribuição gratuita ou reembolso pela compra de materiais de higiene e limpeza”.

A associação afirma, ainda, que os protestos dos trabalhadores não acarretarão em punições ou bloqueios. 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas