Mulher fica com seio preso em porta de composição do metrô do Rio

Ela foi atendido por funcionários da empresa que gere o metrô em uma sala de repouso; ela não quis ser levada para o hospital e decidiu seguir viagem

mulher seio preso metrô rio

Passageira ficou com o seio preso na porta por 10 minutos

Passageira ficou com o seio preso na porta por 10 minutos

Victor Sena/R7

Uma mulher ficou com o seio prensado em uma porta de uma composição do Metrô Rio por volta de 10 minutos, na manhã desta sexta-feira (22). Ela estava em um vagão da Linha 2, que ia sentido Botafogo, e viajou de São Cristóvão até a estação Cidade Nova com o seio preso na porta.

Rio: mortes violentas crescem 26% de dezembro para janeiro

A passageira ficou com o seio preso quando a porta do metrô fechou na estação São Cristóvão, por volta das 7h da manhã. O vagão estava cheio na hora do acidente, o que é comum nos horários de pico.

Na estação Cidade Nova, funcionários do Metrô Rio foram chamados e impediram que o trem seguisse viagem. Eles abriram a porta manualmente e levaram a mulher até a uma sala de repouso na própria estação.

Segundo o Metrô Rio, a passageira não quis ser levada ao hospital, e assinou um termo de recusa e decidiu seguir viagem.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa