violência contra a mulher

Rio de Janeiro Mulher fica no CTI de hospital após ser agredida por ex-marido, no Rio

Mulher fica no CTI de hospital após ser agredida por ex-marido, no Rio

Irmão da vítima diz que ela teve nariz quebrado em diversas partes pelo ex-companheiro. Casal havia se separado e tem filha de 3 anos

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*

Empresária teve nariz quebrado em várias partes pelo ex-marido. Ela está no CTI

Empresária teve nariz quebrado em várias partes pelo ex-marido. Ela está no CTI

Reprodução/Redes sociais

Uma mulher identificada como Ive Dourado, de 33 anos, está hospitalizada no CTI após ser agredida pelo ex-marido no Parque Anchieta, zona norte do Rio, na noite do último domingo (1º). Segundo informações, o homem teria agido por ciúmes mesmo após a separação do casal. 

O irmão da vítima, Allan Dourado, está atualizando o estado de saúde de Ive pelas redes sociais. "Vou fazer o possível e o impossível pela recuperação da minha irmã", afirmou.

Como dito pelo profissional de educação física, Ive teve o nariz quebrado em diversas partes e permanece sedada na unidade de saúde particular. Ela e o ex-marido, Humberto, tem uma filha de 3 anos.

"Essa filha chorou muito querendo a mãe", contou Allan. O suspeito segue foragido. 

A 31ª DP (Ricardo de Albuquerque) instaurou inquérito para apurar o caso. Em nota, a polícia disse que busca informações que ajudem a localizar o suspeito. A delegacia solicitou à Justiça as medidas protetivas para a vítima.

Já de acordo com a Polícia Militar, agentes do batalhão da região não foram acionados pelos envolvidos no caso. Os policiais do 14º BPM (Irajá) chegaram a ir verificar a ocorrência, mas a vítima já tinha se deslocado por conta própria à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) de Ricardo de Albuquerque. 

*Estagiária do R7, sob supervisão Odair Braz Jr.

Últimas