Rio de Janeiro Mulher morre após ser queimada pela companheira em Nova Iguaçu 

Mulher morre após ser queimada pela companheira em Nova Iguaçu 

Andrea de Jesus estava dormindo quando agressora ateou fogo na cama; familiares acreditam que ciúmes pode ter motivado crime

Andrea tinha 54 anos

Andrea tinha 54 anos

Reprodução/Record TV Rio

Uma mulher morreu após ser queimada pela companheira em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no último domingo (17). Andrea de Jesus, de 54 anos, estava dormindo quando foi atacada.

Segundo familiares, Andrea conseguiu pedir socorro e afirmou que a companheira teria ateado fogo na cama em que ela dormia na madrugada de domingo. Ela foi levada ao Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, onde chegou com mais de 60% do corpo queimado e acabou morrendo na segunda (18).

A sobrinha da vítima contou ao Balanço Geral Tarde que o filho da agressora, que tem 16 anos e é portador de deficiência, também estava na casa no momento do incêndio. Ele foi resgatado sem ferimentos.

De acordo com o tio de Andréia, as duas estavam juntas há cinco anos, mas a companheira teria se tornado agressiva com o passar do tempo. Para ele, uma discussão por ciúmes poderia ter motivado o crime.

O caso está sendo investigado pela 58ª DP (Posse).

*Estagiário do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas