Rio de Janeiro Nutricionista morre após aplicação de silicone industrial nos glúteos

Nutricionista morre após aplicação de silicone industrial nos glúteos

Polícia Civil investiga se causa da morte está relacionada ao procedimento estético. Laudo do IML não foi conclusivo

  • Rio de Janeiro | Isabela Afonso, do R7*, com Record TV Rio

O corpo da nutricionista e estudante de educação física Patrícia Rodrigues dos Santos, de 34 anos, que morreu após a realização de uma intervenção estética, foi enterrado no Cemitério de Maruí, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, nesta quinta-feira (22). 

Patrícia foi enterrada nesta quinta (22)

Patrícia foi enterrada nesta quinta (22)

Reprodução / Record TV Rio

A 72ªDP (São Gonçalo) apurou que a vítima aplicou silicone industrial nos glúteos em uma clínica clandestina em Alcântara, na mesma região. O procedimento foi feito na noite da última de terça-feira (20).

Na madrugada de quarta (21), Patrícia sentiu fortes dores e foi levada por familiares para o pronto socorro central de São Gonçalo. Os médicos que a atenderam na unidade fizeram a denúncia sobre a morte.

A Polícia Civil conseguiu identificar o suspeito de realizar o procedimento estético na nutricionista por meio do cartão de crédito utilizado para fazer o pagamento do serviço.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Allan Duarte, o homem, que não possui habilitação nem o alvará para o funcionamento da clínica, admitiu ter realizado a intervenção estética.

O laudo do IML (Instituto Médico Legal) sobre a causa da morte não foi conclusivo.  Os investigadores aguardam exames complementares para apontar se óbito ocorreu devido ao procedimento.

Caso seja confirmado, o delegado disse que o suspeito vai ser indiciado por homicídio doloso (por assumir o risco de matar) e exercício ilegal da medicina.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas