Operação Disk Gás prende suspeito de chefiar tráfico em favelas no Rio

"Fabinho São João" foi preso em Itaboraí, na região metropolitana. Ele  é acusado de usar empresas de gás para "lavar" dinheiro do tráfico

Operação foi denominada de Disk Gás

Operação foi denominada de Disk Gás

Reprodução / Record TV Rio

A Polícia Civil prendeu o “Fabinho São João”, em Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, na manhã desta terça-feira (15). Ele é suspeito de ser um dos chefes do morro São João, no Engenho Novo e da favela de Manguinhos, em Bonsucesso, ambos na zona norte da capital.

Leia mais: Policial militar agride esposa na frente da filha em Campos (RJ)

Segundo as investigações, Fabinho usava empresas de distribuição de gás como fachada para lavar dinheiro do tráfico de drogas. De acordo com a polícia, um sobrinho de “Fabinho São João” movimentou em sua conta a quantia de quase R$ 1 milhão no período de 18 meses.

Denominada de Disk Gás, a operação contou com 40 policiais civis para cumprir o mandado de prisão e oito de busca e apreensão em residências e empresas ligadas aos parentes de Fabinho. Ele estava com a mulher e não resistiu à prisão.

A ação contou também com fiscais da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e com auditores fiscais da Secretaria de Estado de Fazenda.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Celso Fonseca