Rio de Janeiro Paes volta atrás e revoga reabertura de estádios ao público

Paes volta atrás e revoga reabertura de estádios ao público

Medida foi anunciada no Diário Oficial desta quarta-feira (13), e estádios poderiam funcionar com 10% do público

Estádios poderiam funcionar com 10% da capacidade, segundo decreto

Estádios poderiam funcionar com 10% da capacidade, segundo decreto

Reprodução/Twitter

A Prefeitura do Rio anunciou novas medidas de restrição para conter a covid-19. Entre as ações, publicadas no Diário Oficial desta quarta-feira (13), está a liberação dos estádios e ginásios esportivos com apenas 10% da capacidade de público. Mas a medida foi revogada esta manhã pelo prefeito Eduardo Paes (DEM).

Em sua conta no twitter, Paes alegou que há dificuldade de fiscalização.

“A decisão de liberar os estádios com uma ocupação de 1/10 está correta tecnicamente de acordo com nossa secretaria de saúde. No entanto, obviamente trata-se de medida quase impossível de ser fiscalizada. A medida será revogada.”

Segundo o decreto, em estádios com capacidade de mais de 8.000 pessoas, a presença de público só estaria autorizada caso o nível de risco na cidade fosse alto ou médio e o consumo de bebidas alcóolicas apenas quando as pessoas estivessem sentadas nos lugares.

Últimas