Rio de Janeiro Petrópolis: maioria dos mortos em temporal é de mulheres; 33 corpos foram identificados

Petrópolis: maioria dos mortos em temporal é de mulheres; 33 corpos foram identificados

Segundo a Polícia Civil, dos 101 corpos levados ao IML, 65 são de mulheres e 36 de homens. Do total, 13 menores de idade

Dos 106 mortos no temporal que atingiu Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, 101 já foram encaminhados ao IML (Instituto Médico-Legal) até o início da manhã. Segundo a Polícia Civil, a maioria das vítimas, 65 delas, são mulheres, e há 36 homens.

Bombeiros seguem no trabalho de resgate de vítimas dos deslizamentos em Petrópolis

Bombeiros seguem no trabalho de resgate de vítimas dos deslizamentos em Petrópolis

Carl de Souza/AFP - 16.02.2022

Ainda segundo as informações, 13 vítimas são menores de idade. Apenas 33 corpos foram identificados até esta manhã.

A DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros) está dando apoio às pessoas que procuram por familiares desaparecidos. Até a última atualização, 134 registros haviam sido feitos. No Colégio Estadual Rui Barbosa, três pessoas que constavam como desaparecidas foram identificadas por policiais.

Agentes estão fazendo ações nos pontos de apoio e abrigos da cidade para o preenchimento de formulários. De acordo com a polícia, os dados serão cruzados com a lista de mortos do IML.

Mais cedo, a Defesa Civil emitiu um alerta de chuva forte para a tarde e a noite desta quinta-feira (17). A prefeitura mantém orientação para que as pessoas que não estão em área de risco evitem sair de casa.

Se chover forte, os moradores que estiverem em área de risco deverão se deslocar para locais seguros, como os pontos de apoio. O município mantém 33 escolas abertas para o acolhimento da população.

Casos de emergência devem ser comunicados ao Corpo de Bombeiros (193) ou à Defesa Civil (199).

Últimas