Rio de Janeiro PF faz operação contra pesca ilegal de camarão no Rio de Janeiro

PF faz operação contra pesca ilegal de camarão no Rio de Janeiro

Investigação apontou prática em período de reprodução dos animais. Agentes cumprem mandados de busca e apreensão na região dos Lagos fluminense

operação arrasto

Operação combate pesca ilegal de camarão

Operação combate pesca ilegal de camarão

ROBSON FERNANDJES/ESTADÃO CONTEÚDO/24.02.2005

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (18) a Operação Arrasto, no Rio de Janeiro, para reprimir a pesca de camarão no período do defeso (reprodução) em São Pedro da Aldeia, região dos Lagos fluminense. Cinco pessoas foram presas em flagrante e duas toneladas de crustáceo apreendidas.

Após seis meses investigação, que conta com apoio do Ministério Público Federal, a PF (Polícia Federal) identificou as pessoas envolvidas na pesca ilegal, na lagoa de Araruama, e os locais de armazenamento do camarão obtido.

Assista: Mulheres que trabalham na pesca de camarão ainda não recebem benefícios

No período do defeso, estabelecido de acordo com a época de reprodução de cada animal, as atividades de caça, coleta e pesca esportivas e comerciais ficam vetadas ou controladas para preservar as espécies. A PF destacou que desrespeitar a regra, além de ilegal, causa forte impacto na população do crustáceo e pode levar à extinção dos animais. 

Os envolvidos poderão responder por crime ambiental e organização criminosa.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Diego Junqueira