Rio de Janeiro PM é preso por suspeita de ter estuprado as duas filhas adolescentes no Rio

PM é preso por suspeita de ter estuprado as duas filhas adolescentes no Rio

Homem foi detido na UPP Jacarezinho, onde trabalhava; vítimas têm 14 e 15 anos, mas abusos ocorriam havia cinco anos, segundo a polícia

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*

Homem foi preso por agentes da DCAV

Homem foi preso por agentes da DCAV

Divulgação/Polícia Civil

Agentes da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente Vítima) prenderam, nesta quinta-feira (28), um sargento da Polícia Militar de 41 anos suspeito de estuprar as duas filhas adolescentes, de 14 e 15 anos, no Rio de Janeiro.

O PM foi detido na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) do Jacarezinho, na zona norte da cidade, onde trabalhava. Foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra ele por estupro de vulnerável.

Segundo as investigações, os abusos aconteciam no quarto das meninas havia cerca de cinco anos, quando o suspeito voltava alcoolizado para casa e a mãe das vítimas dormia.

As meninas contaram à mãe as ações do pai, mas ela não fez denúnica por medo do marido, de acordo com a polícia. O PM teria ameaçado as filhas e a esposa de morte após uma das vítimas dizer que falaria com os parentes sobre os abusos.

O homem foi encaminhado até a Unidade Prisional Militar, onde ficará preso e passará por uma audiência de custódia realizada pela corporação.

Em nota, a Polícia Militar informou que o caso é acompanhado pela corregedoria da corporação, que afirmou colaborar integralmente com os trâmites do processo.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas