Rio de Janeiro PM segurança do Marcelo Freixo é morto após reagir a assalto na zona norte do Rio

PM segurança do Marcelo Freixo é morto após reagir a assalto na zona norte do Rio

Alexandre Murta levou três tiros; criminosos não roubaram nada da vítima

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Rede Record

Segundo o deputado, o segurança que trabalhava com o político desde 2008  era um "grande amigo"

Segundo o deputado, o segurança que trabalhava com o político desde 2008 era um "grande amigo"

Reprodução/ Rede Record

Na manhã desta sexta-feira (20), o segurança do deputado estadual Marcelo Freixo foi morto após reagir a assalto em Bento Ribeiro, zona norte do Rio. Alexandre Murta Fernandes, de 41 anos, foi baleado por criminosos.

Alexandre era lotado do DGP (Diretoria Geral de Pessoal), mas atualmente trabalhava na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) para o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol). Ele estava de folga no momento do crime.

Os bandidos estavam em um carro Fiat Punto preto, quando deram três disparos em direção ao PM. Os criminosos fugiram sem levar nada da vítima.

Alexandre foi para o Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, também na zona norte, onde chegou a passar por cirurgia. O crime será investigado pela Polícia Civil.

Assista ao vídeo:

Últimas