Rio de Janeiro Polícia apreende 117 fuzis na casa de amigo de Ronnie Lessa

Polícia apreende 117 fuzis na casa de amigo de Ronnie Lessa

Operação realizada nesta terça-feira (12) encontrou, além das armas, peças de montagem e cerca de R$ 100 mil em posse de Alexandre Mota, no Méier, zona norte do Rio

Apreensão Fuzis Marielle

Material apreendido foi levado para a Delegacia de Homicídios

Material apreendido foi levado para a Delegacia de Homicídios

Reprodução/RecordTV

Um arsenal com 117 fuzis e munições foi encontrado na casa de um homem identificado como Alexandre Mota, no Méier, zona norte do Rio de Janeiro. Mota foi preso a partir de um dos 34 mandados de prisão realizados nesta terça-feira (12).

Leia também: Polícia vai investigar se há um 3º suspeito da morte de Marielle

De acordo com a investigação, ele é amigo de infância de Ronnie Lessa, PM reformado preso nesta manhã como suspeito de ter matado Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

Mota afirmou que guardou caixas a pedido de Lessa e que não sabia sobre o conteúdo do material. O homem foi levado até a Delegacia de Homicídios no início da noite, onde prestará explicações sobre as armas encontradas na própria casa.

Mais: Não posso esperar para saber quem mandou matar Marielle, diz viúva

Além dos fuzis, cerca de 60 peças de montagem de armas e R$ 100 mil foram apreendidas, Neste material a faltavam apenas os canos dos armamentos. A Polícia Civil investiga  se há participação de Mota no caso da morte da vereadora Marielle Franco.

O advogado de Alexandre Mota negou que o homem tenha qualquer envolvimento com as mortes de Marielle e Anderson Gomes. Ele disse ainda não há motivo de manter Mota preso.

Veja também: Irmã de Marielle Franco fala sobre prisão de pm e ex-pm suspeitos de envolvimento no caso de assassinato

*Estagiário do R7, sob supervisão de