Rio de Janeiro Polícia Federal realiza operação contra fraude nos Correios do Rio

Polícia Federal realiza operação contra fraude nos Correios do Rio

A Operação Replicante, que começou em janeiro de 2019, busca cumprir nove mandados de busca e apreensão na cidade

  • Rio de Janeiro | Raíza Chaves, do R7*

PF investiga fraude nos Correios no Rio

PF investiga fraude nos Correios no Rio

Divulgação

A Polícia Federal realiza uma operação nesta terça-feira (24) para desarticular um esquema de fraudes e desvios de encomendas nos Correios, no Rio.

A Operação Replicante busca cumprir nove mandados de busca e apreensão na cidade, nos bairros de Bento Ribeiro, Campinho, Coelho Neto, Engenho da Rainha, Madureira, Piedade, e Tomás Coelho, além do próprio Centro de Distribuição dos Correios em Benfica, na zona norte.

As investigações, que foram iniciadas em janeiro de 2019, e que contaram com apoio dos Correios, apontaram que funcionários do CTE Benfica, maior centro de distribuição de encomendas do Rio, selecionavam encomendas de alto valor, tais como celulares e eletrônicos em geral e as desviavam para terceiros.

O esquema criminoso envolvia a substituição de etiquetas verdadeiras, que continham os dados da entrega, por etiquetas falsas. Além disso, o grupo usava  números de postagens já utilizados para elaborar as falsas etiquetas para que empregados da empresa pudessem colocar tais membros como destinatários de encomendas pré escolhidas dentro da unidade postal, fazendo com que as encomendas aparentemente desaparecessem do fluxo postal.

No final, as encomendas eram entregues de forma normal pelos carteiros que, aparentemente, não participavam do esquema criminoso.

Os investigados vão responder pelos crimes de Organização Criminosa e Peculato, além de outros que possam surgir no decorrer das investigações.

Em nota, os Correios afirmaram que colaboram com as autoridades e consideram inaceitável a conduta de empregados que venham a agir contra os valores defendidos pela empresa. Por essa razão, adota, de imediato, todas as medidas disciplinares que os casos requerem.

*Sob supervisão de PH Rosa

Últimas