Rio de Janeiro Polícia prende dona da casa onde ocorreu estupro coletivo de adolescente no Rio

Polícia prende dona da casa onde ocorreu estupro coletivo de adolescente no Rio

Dois menores também foram apreendidos. O trio tinha imagens do crime armazenadas, segundo a polícia

Delegacia pediu prisão dos envolvidos no estupro

Delegacia pediu prisão dos envolvidos no estupro

Divulgação/Polícia Civil

A polícia prendeu, nesta quarta-feira (8), a dona da casa onde ocorreu o estupro coletivo de uma adolescente de 15 anos, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Dois menores que estavam no imóvel foram apreendidos.

O estupro aconteceu na última sexta-feira (3) e foi registrado em vídeo. Imagens do crime foram encontradas armazenadas com o trio.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Mais cedo, o principal acusado do estupro já havia sido preso pela polícia. A delegada Mônica Areal, responsável pela investigação, disse não ter dúvidas sobre a participação dele no caso.

De acordo com a polícia, outro suspeito também violentou a menor, que estava desacordada. Além disso, os suspeitos ainda fizeram vídeos e os compartilharam em redes sociais.

A polícia já acionou a Justiça para pedir a prisão da dupla por estupro de vulnerável e por divulgar as imagens do crime.

O caso

A vítima contou que dormia na casa de uma amiga, na última sexta-feira (3), quando um grupo de homens chegou ao local. Ela disse ter "apagado" após ter recebido um copo com bebida alcoólica.

A polícia já sabe que dois suspeitos cometeram o estupro, enquanto outras pessoas estavam na cena do crime e gravaram as imagens.

A investigação encontrou ao menos 30 vídeos do caso postados na internet, de acordo com informações da Record TV.

Últimas