Rio de Janeiro Polícia prende suspeita de matar atriz pornô na Baixada Fluminense

Polícia prende suspeita de matar atriz pornô na Baixada Fluminense

Luane Honório de Souza foi atacada a facada por amiga, que acolheu em casa, durante discussão

A mulher acusada de matar a atriz pornô Luane Honório de Souza foi presa nesta segunda-feira (7) no centro de Nilópolis, na Baixada Fluminense, quase um ano após o crime.

Atriz pornô foi morta por amiga que acolheu em casa

Atriz pornô foi morta por amiga que acolheu em casa

Record TV Rio

Segundo as investigações, a vítima acolheu a amiga em casa, mas foi atacada durante uma discussão. Luane levou uma facada no pescoço e foi socorrida, mas morreu semanas depois.

O delegado da 57ª DP (Nilópolis), José Moraes, disse em entrevista ao Cidade Alerta RJ que a suspeita foi localizada após se esconder em várias casas.

Moraes afirmou que a mulher, que seria dependente química, demonstrou frieza e vendeu os pertences de Luane para comprar drogas após o crime.

De acordo com os agentes, a presa tem passagem pela polícia por tráfico de drogas e furto de veículo. Contra ela havia um mandado de prisão preventiva em aberto.

A acusada será encaminhada ao sistema penitenciário e ficará à disposição da Justiça, de acordo com a Polícia Civil.

Últimas