Rio de Janeiro Polícia prende suspeito de chefiar milícia na zona oeste do Rio

Polícia prende suspeito de chefiar milícia na zona oeste do Rio

Conhecido como Zulu, homem é apontado como braço direito do miliciano Ecko e um dos homens mais perigosos do Rio de Janeiro

prisão miliciano

Material foi apreendido na casa do suspeito

Material foi apreendido na casa do suspeito

Divulgação/PCERJ

Um suspeito de integrar uma das maiores milícias do Rio foi preso, na manhã desta terça-feira (21), por agentes da Draco-IE (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais). Conhecido como Zulu, o homem é apontado como chefe da milícia nas comunidades do Rodo e Antares, na zona oeste do Rio.

RJ: deputado é alvo de operação que visa prender grupo de extermínio

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi preso em casa, no bairro de Santa Cruz, zona oeste, e chegou a entrar em luta corporal com os agentes. Ele é considerado pelos investigadores um dos homens mais perigosos do Estado.

Zulu também é apontado como homem de confiança do miliciano conhecido como Ecko e esteve a frente de diversos confrontos entre milicianos e traficantes na Praça Seca, zona oeste.

Segundo a polícia, ele vai responder por posse de arma de fogo de uso restrito, resistência e constituição de milícia privada.