Rio de Janeiro Polícia procura homem que tentou matar ex-mulher com mais de 30 facadas na Baixada Fluminense

Polícia procura homem que tentou matar ex-mulher com mais de 30 facadas na Baixada Fluminense

Wellington dos Santos Simbras está foragido desde o último dia 5, após agredir e tentar abusar sexualmente de vítima

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo*, do R7, com Mayara Decothé, da Record TV Rio

Wellington está foragido

Wellington está foragido

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil procura um homem que tentou matar a ex-esposa com mais de 30 facadas na Baixada Fluminense. Wellington dos Santos Simbras, de 39 anos, é considerado foragido desde o último dia 5.

Larissa, de 33 anos, havia se separado do agressor, com quem ficou por oito anos, há dois meses. Ela relatou que, no dia 4 de dezembro, estava em uma festa religiosa quando Wellington apareceu.

Segundo a mulher, ao longo da noite ele foi amistoso e chegou a fazer declarações, pedindo para que os dois voltassem a ficar juntos. Em certo momento, quando a vítima e os irmãos estavam conversando próximo ao portão, Wellington se juntou ao grupo e sugeriu que Larissa entrasse no carro, que estava estacionado, para descansar, após ela reclamar de dores nas pernas.

Quando os irmãos da vítima entraram em casa, o agressor pediu para conversar com ela dentro do carro. Ainda de acordo com o relato, foi nesta hora que Wellington prendeu a ex-mulher no veículo e começou a agredi-la com golpes e, em seguida, com facadas na cabeça e no rosto.

"Eu pedi, 'não me mata, pelo amor de Deus, eu volto com você, faço o que você quiser'", disse Larissa.

Ela afirmou que, após falar isso, Wellington exigiu ter relações sexuais com ela dentro do carro. Foi só então que a mulher conseguiu pedir ajuda apertando a buzina com o pé. Larissa foi socorrida pelos irmãos e o agressor fugiu.

O caso foi registrado na Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) e o mandado de prisão foi expedido no dia seguinte ao crime.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas