Rio de Janeiro Polícia procura homem suspeito de tentar atear fogo na ex-mulher em Petrópolis (RJ)

Polícia procura homem suspeito de tentar atear fogo na ex-mulher em Petrópolis (RJ)

Cláudio Sant'Ana de Souza foi gravado por câmeras de segurança de loja derramando líquido na vítima, segundo a investigação

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*

Cláudio é procurado pela polícia

Cláudio é procurado pela polícia

Divulgação/Portal dos Procurados

A Polícia Civil procura um homem suspeito de ter tentado atear fogo na ex-mulher dentro de uma loja em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, na segunda-feira (16).

Cláudio Sant'Ana de Souza, de 68 anos, é considerado foragido. De acordo com as investigações, ele é o homem que pode ser visto derramando gasolina sobre a vítima em um vídeo gravado pelas câmeras de segurança do estabelecimento onde ela trabalha.

A mulher havia pedido uma medida protetiva contra o ex-marido, com quem tem uma filha, após o fim do relacionamento de 20 anos. Segundo a polícia, o homem ameaçou incendiar a ex-mulher e a loja caso não fosse retirada a restrição judicial.

Ao ouvirem gritos de socorro, pessoas que passavam pela rua tentaram ajudar a vítima, que conseguiu fugir do agressor. Ele teria chegado a tentar arremessar um fósforo aceso contra ela.

A Patrulha Maria da Penha da Polícia Militar foi acionada, e os agentes dirigiram-se ao apartamento do homem, onde apreenderam um casaco com odor de gasolina. Em um dos bolsos, estava uma faca, segundo a polícia.

Imagens de câmeras de segurança mostram homem derramando gasolina na ex-mulher

Imagens de câmeras de segurança mostram homem derramando gasolina na ex-mulher

Reprodução/Record TV Rio

A 1ª Vara Criminal de Petrópolis expediu um mandado de prisão preventiva contra Cláudio. O caso é investigado pela 105ª DP (Petrópolis), que apura os crimes de tentativa de feminicídio, lesão corporal e descumprimento de medida protetiva.

O Portal dos Procurados divulgou um cartaz para pedir informações sobre o paradeiro do suspeito. O Disque Denúncia recebe informações sobre a localização de foragidos da Justiça nos seguintes canais de atendimento, com anonimato garantido:

    • WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099;
    • telefone: (21) 2253 1177 ou 0300-253-1177;
    • app "Disque Denúncia RJ";
    • Facebook (inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/;
    • Twitter (mensagens): https://twitter.com/PProcurados; e
    • site do Portal dos Procurados (em Denuncie): procurados.org.br/contato.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas