Rio de Janeiro Polícia procura mãe de homem que matou dubladora no Rio

Polícia procura mãe de homem que matou dubladora no Rio

Eliane Gonçalves Vasconcellos é suspeita de ter ajudado filho a ocultar corpo da vítima junto com amigo de economista

  • Rio de Janeiro | Victor Tozo, do R7*, com Felipe Batista, da Record TV Rio

A polícia procura dois suspeitos de terem ajudado o economista Pedro Paulo Vasconcellos a ocultar o corpo da dubladora Christiane Louise de Paula, morta por ele no dia 20 de julho em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. Entre os foragidos, está a mãe do economista, Eliane Gonçalves Vasconcellos.

Pedro Paulo confessou ter matado amiga

Pedro Paulo confessou ter matado amiga

Reprodução

Pedro Paulo foi preso por agentes da DHC (Delegacia de Homicídios da Capital) na última sexta-feira (13) e, após ser detido, confessou ter matado Christiane, que era sua amiga, na casa da vítima.

De acordo com a polícia, o corpo da dubladora ficou por dois dias no apartamento até ser desovado, envolto em sacos plásticos e lençóis, por Pedro Paulo, Eliane e um amigo não identificado na praia do Grumari, zona oeste do Rio, no dia 22 de julho.

O economista disse aos agentes ter matado Christiane em legítima defesa após a mulher ter tido um surto. Ele afirmou ter utilizado uma taça de vinho para cortar a garganta e a perna da dubladora, mas, segundo o delegado Leandro Costa, não foram encontradas marcas de defesa em Pedro Paulo. Após matar Christiane, ele se apoderou de itens da vítima avaliados em R$ 10 mil, como laptops e celulares.

O delegado relatou que a dubladora e o economista se conheceram em uma clínica psiquiátrica e mantinham amizade desde então. De acordo com familiares, Christiane estava abrigando Pedro Paulo em sua casa nas últimas semanas. O economista alegou que a vítima sofria de síndrome do pânico e não gostava de morar sozinha.

A polícia acredita que a motivação do crime possa ter sido patrimonial, já que em 2019 Christiane teria entrado com uma ação de despejo contra Pedro Paulo e Eliane para retirá-los de um de seus imóveis na Gávea, na zona sul do Rio.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas