Prefeitura apresenta plano de reabertura gradual no Rio

A partir de terça (2), serão liberados exercício ao ar livre, prática de esporte no mar e atividades religiosas. Com 6 fases, programa é reavaliado a cada 15 dias

Exercício ao ar livre e prática de atividade no mar serão liberadas

Exercício ao ar livre e prática de atividade no mar serão liberadas

Ricardo Moraes/Reuters – 27.05.2020

O prefeito Marcelo Crivella anunciou, nesta segunda-feira (1º), a criação de um plano de reabertura gradual do município após uma reunião com o gabinete científico da Prefeitura do Rio. A partir de amanhã, serão liberados exercícios ao ar livre, prática de esportes no mar e atividades religiosas.

Segundo ele, a decisão foi tomada, por unanimidade, já que o grupo acredita que o distanciamento social prolongado pode gerar outros danos, como aumento de mortes por outras comorbidades.

Veja o plano completo de reabertura gradual no Rio

De acordo com Crivella, pacientes de outras doenças morrem por pausarem seus tratamentos. Também influenciou na decisão o fim da fila para ocupar os leitos de UTI e enfermaria de covid-19 nos hospitais da rede da prefeitura.

O plano será publicado na terça-feira (2) no Diário Oficial, quando a cidade vai entrar na fase 1, que permite a abertura de concessionárias, lojas de móveis e decoração, atividades físicas ao ar livre, atividades aquáticas individuais no mar e atividades reliogiosas. Outros detalhes estarão no decreto.

Flávio Graça, superintendente de educação, inovação e projetos da Vigilância Sanitária, disse que o plano será divido em seis fases, que vão determinar em qual delas cada setor da economia será retomado.

Segundo Graça, as fases do plano vão ser avaliadas a cada 15 dias de acordo com duas classificações: capacidade de resposta do sistema de saúde – que avalia os leitos disponíveis no SUS – e a relevância econômica de cada atividade.

A previsão da prefeitura é de que a cidade volte a funcionar de maneira plena em agosto. Até lá, a população deve ficar atenta às avaliações e aos protocolos de prevenção. Após essa avaliação, a prefeitura vai decidir se avança para a fase seguinte, se mantém a fase vigente ou se retorna ao nível anterior.

Veja abaixo como vai funcionar cada fase:

Reprodução