Rio de Janeiro Previsão de chuvas fortes mantém Rio em estágio de atenção

Previsão de chuvas fortes mantém Rio em estágio de atenção

Segundo o Alerta Rio, frente fria deve se aproximar da cidade na terça-feira (12);  além de chuva, vento forte a muito forte e raios podem ocorrer

Chuvas Rio de Janeiro

Novas chuvas podem afetar o Rio nesta semana

Novas chuvas podem afetar o Rio nesta semana

Tânia Rêgo/Agência Brasil - 07.02.2019

A cidade do Rio de Janeiro, que sofreu com chuvas intensas na última semana, permanece em estágio de atenção. Segundo o Centro de Operações, a previsão é de chuva forte a muito forte entre quarta (13) e sexta-feira (15). Para esta segunda-feira (11), a expectativa é de calor, com máxima de 38ºC.

Veja também: Após três dias internado, atleta do Flamengo recebe alta no Rio

Segundo o Alerta Rio, serviço meteorológico da prefeitura, uma frente fria deve se aproximar da cidade na terça-feira (12), provocando pancadas de chuva fraca a moderada a partir da noite. Já na quarta-feira (13), além de chuva, são esperadas rajadas de vento forte a muito forte e raios.

Avenida Niemeyer

Após cinco dias desde o temporal que afetou principalmente as zonas sul e oeste da cidade e deixou sete mortos, a cidade ainda não se recuperou de todos os danos. A avenida Niemeyer, onde ocorreu um deslizamento com duas vítimas fatais, permanece totalmente interditada.

Segundo a prefeitura, equipes trabalham para conter encostas e remover tanto lama quanto árvores com risco de queda no local. Apenas moradores da região podem utilizar o trecho da via entre os bairros Leblon e Vidigal. A estrada das Canoas também segue bloqueada em razão da queda de uma árvore.

Ocorrências

Na manhã desta segunda-feira, ao menos 25 ocorrências do último temporal ainda não tinham sido resolvidas, entre deslizamentos, desabamentos e quedas de árvores e galhos. Da madrugada da última quinta-feira (6) até agora, técnicos da Defesa Civil interditaram 133 imóveis em toda a cidade. Rocinha, Vidigal e São Conrado  foram as áreas mais afetadas e seguem como prioridade do órgão durante essa semana.

A prefeitura informou ainda que Defesa Civil realizou uma força-tarefa no domingo (10) e interditou dez imóveis. A estimativa do município é que cerca de 57 famílias estejam desalojadas.

Falta de energia

Segundo o balanço da Light, companhia distribuidora de energia do município, cerca de mil clientes continua sem luz. A empresa intensificou o trabalho nos bairros de São Conrado e Alto da Boa Vista e também atua no Vidigal, onde 35 clientes ainda estão sem energia.

A Light realiza ainda serviços em trechos de Jacarepaguá, Vargem Grande, Joá e Gávea. A empresa informa que foram disponibilizados cerca de dois mil profissionais para fazer os atendimentos, mas há ocorrências, como quedas de árvores, que dependem de operação conjunta com a Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana).

Entenda: Rio: chefe do COR fala sobre trabalho de recuperação da cidade após temporal