Rio de Janeiro Professor é baleado durante ação da Polícia Militar na zona oeste do Rio

Professor é baleado durante ação da Polícia Militar na zona oeste do Rio

Yuri Pietro, de 23 anos, foi atingido nas costas na porta de casa, na Vila Aliança, em Bangu. Outra pessoa foi ferida por uma moto durante o confronto

Professor é baleado durante ação da PM na zona oeste do Rio

Professor tem estado de saúde estável

Professor tem estado de saúde estável

Reprodução/Redes Sociais

Uma ação da Polícia Militar na madrugada deste sábado (24) deixou uma pessoa baleada e outra ferida por uma moto, na Vila Aliança, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a PM, o objetivo da operação era coibir um evento irregular organizado na comunidade.

Casa de Flordelis tinha traição e casos entre irmãos, diz filha adotiva

O professor de dança Yuri Piettro, de 23 anos, foi atingido nas costas por uma bala perdida em frente à casa da família. O jovem foi socorrido por seu irmão e levado para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, ainda na zona oeste da cidade.

Yuri passou por uma cirurgia para remover bala. De acordo com informações de uma amiga do professor, a bala teria atingido seu intestino. Fontes de dentro do hospital afirmam que ele não corre risco de morte, embora a SMS (Secretaria Municipal de Saúde) apenas confirme que seu estado de saúde é estável.

Segundo a Polícia Militar, o confronto com suspeitos começou após homens do 14ºBPM (Bangu) tentarem remover objetos que fechavam uma das ruas da comunidade para a realização de um evento não autorizado.

Ainda segundo a Polícia Militar, após o término do confronto, duas pessoas foram encontradas feridas. Além de Yuri, uma segunda vítima foi atingida por uma moto e também levada para o Hospital Municipal Albert Schweitzer.

A PM declarou que levou os dois feridos à unidade de saúde, embora uma amiga de Yuri negue a versão da Polícia Militar e afirme que o professor foi levado ao hospital pela família.

Agentes da 34ª DP (Bangu) ficarão responsáveis pela investigação do caso.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Ana Vinhas