Rio de Janeiro Profissionais da cultura poderão receber benefício emergencial no RJ

Profissionais da cultura poderão receber benefício emergencial no RJ

Auxílio será de R$ 600 e será pago durante três meses. Inscrições para solicitar a verba começa na segunda-feira (21)

Artistas do Rio terão direito a auxílio emergencial

Artistas do Rio terão direito a auxílio emergencial

Marcelo Camargo/18.09.2020/ Agência Brasil

Artistas, produtores, técnicos, artesãos e outros profissionais da cultura poderão se cadastrar, a partir da segunda-feira (21), para receber o auxílio emergencial de R$ 600 através da Lei Aldir Blanc. O governo do Rio anunciou a medida nesta sexta-feira (18).

Leia também: Processo de impeachment de Witzel é publicado no DO da Alerj

Os trabalhadores da área que se enquadrem nos pré-requisitos terão até dia 19 de outubro para solicitar o auxílio, que será concedido por três meses, podendo ser estendido conforme disponibilidade orçamentária.

Para conseguir o benefício, a pessoa precisa comprovar a atuação no setor cultural nos últimos dois anos. Também há outros requisitos a serem cumpridos, como não ter emprego formal ativo, por exemplo.

Aqueles que já receberam o auxílio emergencial ou previdenciário e seguro-desemprego não poderão ter acesso ao dinheiro da Lei Aldir Blanc.

O governador em exercício, Cláudio Castro, afirmou que o benefício terá um impacto positivo na cultura do Estado, que ficou abalada com a pandemia do novo coronavírus.

“O setor merece nossa atenção, pois é responsável não apenas por reverberar a criatividade e história do nosso povo, mas também por gerar inúmeros empregos e movimentar a economia do Estado", destacou o governador.

Leia também: Governador em exercício nomeia novo secretário da Casa Civil

Ainda nesta sexta o Governo Federal depositou R$ 104 milhões destinados ao Estado do Rio no Fundo Estadual da Cultura. O repasse da verba será feito pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira.

Últimas