Rio de Janeiro Relatório de 2019 apontou falha em sistema de hospital que pegou fogo

Relatório de 2019 apontou falha em sistema de hospital que pegou fogo

Secretário de Defesa Civil, Leandro Monteiro, confirmou que o Hospital Federal de Bonsucesso não tinha certificado do Corpo de Bombeiros 

  • Rio de Janeiro | Bruna Oliveira e Isabela Afonso, do R7*, com Record TV Rio

Um relatório feito a pedido da Defensoria Pública da União, em 2019, já havia apontado falhas no sistema de combate às chamas no Hospital Federal de Bonsucesso, na zona norte do Rio, atingido por um incêndio na manhã desta terça-feira (27).

Relatório aponta irregularidades no hospital

Relatório aponta irregularidades no hospital

Reprodução/Record TV Rio

O documento mostrou que a unidade não tinha detector de fumaças e sprinklers (chuveiro automático acionado em caso de necessidade).

Na reportagem exibida há um ano, a equipe da Record TV Rio flagrou com uma câmera escondida fios expostos e falta de extintores dentro do hospital.


Durante o trabalho de rescaldo, hoje, o secretário de Defesa Civil, Leandro Monteiro, confirmou que o Hospital Federal de Bonsucesso não tinha certificado do Corpo de Bombeiros e que a unidade foi notificada duas vezes, além de ter recebido dois autos de infração.

Procurado pelo R7, o hospital ainda não se posicionou sobre o caso.

Ao menos 300 pacientes estavam na unidade no momento do acidente. Uma mulher de 42 anos, que estava internada com covid-19, morreu durante a transferência.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas