Rio anuncia abertura de cinemas e teatros na segunda (14)

Segundo superintendente da Vigilância Sanitária, Flávio Graça, houve um alinhamento com o plano de retomada do município com o governo estadual

Marcelo Crivella anunciou mudanças na fase de flexibilização

Marcelo Crivella anunciou mudanças na fase de flexibilização

Reprodução / RecordTV

A Prefeitura do Rio anunciou nesta sexta-feira (11) a liberação do funcionamento de cinemas e teatros a partir de segunda-feira (14) na nova etapa do Plano de Retomada das Atividades Econômicas em meio à pandemia do coronavírus. 

Veja também: Confronto entre suspeitos e PMs deixa 3 mortos na Vila Cruzeiro (RJ)

O setor Cultural foi autorizado a  reabrir com 50% da capacidade e assento numerado, sem a comercialização e o consumo de alimentos e bebidas.

O superintendente da Vigilância Sanitária, Flávio Graça, disse que nesta fase, chamada de 6-A,  houve um alinhamento com as medidas de flexibilização adotadas pelo Estado.

Em virtude dos registros de aglomerações em bares, Graça anunciou que, a partir de agora, a comercialização de bebidas alcoólicas está proibida em áreas externas a partir das 22h.

Segundo o superintendente da Vigilância Sanitária, as penalidades vão ser intensificadas para quem desrespeitar as regras.

"Caso algum estabelecimento seja interditado por aglomeração, antes [a punição] era por 24 horas, agora será por sete dias, além da multa gravíssima que já existia", disse.

Estacionamento na orla

Outra medida anunciada é a proibição do estacionamento na orla aos sábados, domingos e feriados. O prefeito Marcelo Crivella ressaltou que a medida  tem como objetivo evitar que as pessoas se desloquem para as praias.

Comércio

A prefeitura confirmou ainda que lojas de comércio de rua, incluindo galerias e centros comerciais passam a funcionar com horário livre.

*Sob supervisão de Bruna Oliveira