Rio de Janeiro Rio: cadeirante sobe escada se arrastando em agência do INSS 

Rio: cadeirante sobe escada se arrastando em agência do INSS 

Professor de 62 anos levou cerca de 10 minutos para chegar ao primeiro andar, após funcionária sugerir remarcação de atendimento

Cadeirante INSS

Jorge Crim precisou se arrastar

Jorge Crim precisou se arrastar

Arquivo Pessoal

Um cadeirante precisou se arrastar de degrau em degrau para subir as escadas da agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) da avenida Marechal Floriano, no centro do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (10).

Leia mais: "Quem fez vai pagar por isso", diz filho biológico de Flordelis

Um vídeo mostra o professor Jorge Crim, de 62 anos, sentado e usando somente a força dos braços para subir as escadas,  já que o elevador do prédio não estava funcionando.

Testemunhas que estavam no local contaram que o idoso levou cerca de dez minutos para chegar até o primeiro andar do edifício.

O professor, que mora longe da agência, tomou essa decisão após uma secretária sugerir que ele remarcasse o atendimento devido ao problema no elevador.

Um segurança ainda se ofereceu para carregar o idoso no colo. No entanto, ele recusou a ideia por pesar cerca de 100 kg.

A reportagem entrou em contato por e-mail com a agência, mas ainda não obteve resposta.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira